Just serendipities

"Vomitei as borboletas mortas que um dia voavam pelo jardim do meu estômago."

-

(Source: distanciarei, via padroni-zar)

"E eu continuaria a falar do seu sorriso se você não tivesse ido embora aquela noite. Continuaria sorrindo ao lembrá-lo se soubesse que o motivo ainda sou eu. Escreveria textos e textos contando de como você me faz bem, mas você já não faz, então não o faço. Sorriria ao te lembrar, mas não consigo, e já não choro. O que é um tanto estranho. Uma lembrança, vez ou outra, me fazem sorrir, logo em seguida talvez uma lágrima. Já não é a mesma coisa. Talvez saudade de um tempo feliz, já nem é saudade de você. Você nem tá aqui, caralho, continuo falando do seu sorriso."

- Contos de um primeiro amor, Vestígiar.   (via delator)

(Source: vestigiar, via ne-gativa)